Home » Uncategorized » Política de cotas realmente faz diferença na ascensão social e educacional de indígenas?

Política de cotas realmente faz diferença na ascensão social e educacional de indígenas?

As políticas de cotas são ações afirmativas extremamente necessárias que tem o objetivo de diminuir as desigualdades raciais e sociais que ainda são tão presentes no Brasil. A desigualdade social está presente em uma grande parte das relações sociais, seja ela por gênero, condição econômica, raça e entre outros motivos. Essa desigualdade impede que uma parte da sociedade, conhecida como minoria, tenham o acesso a seus direitos e garantias fundamentais básicas que devem ser asseguradas a todo ser humano, como por exemplo a educação.

Devido a essas desigualdades as políticas de cotas surgiram. Essas ações afirmativas são medidas estabelecidas pelo Governo que podem ser permanentes ou temporárias, até que tenha uma equiparação em tratamento dos iguais aos desiguais. Essa medida é foram criadas para reparar uma falha histórica repleta de desvantagens e desigualdades vivenciadas por um determinado grupo racial e por pessoas que fazem parte de uma classe econômica.

Com o passar dos anos essas políticas de cotas vem facilitando e aumentando o acesso de uma certa parte da sociedade a locais que a anos atrás jamais puderam se imaginar, como é o caso das universidades. Com a garantia da igualdade de oportunidades a possibilidade da ascensão social fica mais perto da população.

 Que são as cotas raciais?

As cotas raciais são ações afirmativas que tem o objetivo de aliviar as desigualdades que são tão presentes no Brasil, como as desigualdades sociais, econômicas e educacionais entre as pessoas de diferentes etnias raiais. No setor publico a sua obrigatoriedade é muito mais necessária já que está diretamente ligada ao ingresso nas universidades e concursos públicos.

Ingresso nas universidades publicas

O ingresso as universidades publicas no Brasil atualmente é feito exclusivamente pelo SISU, Sistema de Seleção Unificada. Onde através das provas do ENEM seleciona os candidatos que tiveram as melhores medias nas provas. As vagas do SISU em 2022 assim como todos os anos são divididas entre ampla concorrência e as pessoas que se encaixam nas cotas, sejam elas raciais ou sociais.

Graças a essas ações afirmativas que são atendidas e divulgadas no novo cronograma do SISU existe a possibilidade de muitos jovens e adultos ingressarem em uma universidade pública, tornando a presença de indígenas e negros nas salas de aula e nos auditórios ministrando algum conteúdo cada vez mais frequente, diminuindo assim a desigualdade que acompanha o Brasil a um certo tempo e impossibilita que essa parte da população consiga a ascensão social que outras pessoas tem com uma maior facilidade.


Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *