Não conseguiu passar na federal? Saiba formas de iniciar a graduação dos sonhos

Passar em uma universidade publica anda cada vez mais difícil. O ingresso na maioria das universidades é através da prova do ENEM que consiste em uma avaliação bastante cansativa com 180 questões e uma redação divididas em dois dias de prova com todo o conteúdo do ensino médio. Através da prova do ENEM os alunos obtêm uma pontuação que será utilizada no SISU e assim irá colocar os alunos em uma classificação para assim disputarem uma vaga.

Todo o processo é bastante cansativo e concorrido fazendo com que muitos estudantes acabem não conseguindo a aprovação. Devido a isso os estudantes passam a procurarem outras alternativas para ingressarem na graduação dos sonhos de uma forma que não fique tão pesada para eles e por isso foi criado o FIES.

O que é o FIES?

O FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que tem como objetivo possibilitar o financiamento de cursos superiores em faculdades particulares com avaliação positiva pelo MEC ofertando assim uma educação superior de qualidade.

Esse programa possibilita juros zero a alunos que possuem uma renda financeira baixa e não possuem condições de custearem os cursos. Os financiamentos variam conforme a renda familiar do candidato e tudo é analisado no momento da inscrição.

Como participar do FIES?

As inscrições são feitas exclusivamente pela internet através do site da seleção do FIES. Após as inscrições o estudante será procurado pelo MEC e deverá procurar a comissão CPSA da instituição de ensino escolhida para comprovar suas informações dadas na hora da inscrição. Nesse mesmo processo será necessário realizar a opção de seguradora em que irá contratar o seguro.

Com o documento de regularidade de Inscrição em mãos os estudantes devem procurar uma agência da Caixa econômica federal para que um agente confira toda a documentação e insira as informações no sistema e logo em seguida o contrato estará pronto para a assinatura.

Vantagens do FIES

Para quem deseja fazer parte desse programa é necessário ficar atento ao próximo cronograma do FIES 2022 que explica todos os passos necessários para serem seguidos, como por exemplo o aditamento FIES a partir de 2022.

As vantagens oferecidas pelo programa são:

  • Qualidade de ensino: os alunos ingressam em uma instituição de ensino superior com boa nota de avaliação dada pelo MEC.
  • Juros e tarifas baixas: se o aluno possui renda familiar de até 1,5 salário mínimo ele pode ter o direito de possuir o direito a juros zero.
  • Prazo de carência: o financiamento pode ser pago após o término do curso respeitando a renda do estudante.

Política de cotas realmente faz diferença na ascensão social e educacional de indígenas?

As políticas de cotas são ações afirmativas extremamente necessárias que tem o objetivo de diminuir as desigualdades raciais e sociais que ainda são tão presentes no Brasil. A desigualdade social está presente em uma grande parte das relações sociais, seja ela por gênero, condição econômica, raça e entre outros motivos. Essa desigualdade impede que uma parte da sociedade, conhecida como minoria, tenham o acesso a seus direitos e garantias fundamentais básicas que devem ser asseguradas a todo ser humano, como por exemplo a educação.

Devido a essas desigualdades as políticas de cotas surgiram. Essas ações afirmativas são medidas estabelecidas pelo Governo que podem ser permanentes ou temporárias, até que tenha uma equiparação em tratamento dos iguais aos desiguais. Essa medida é foram criadas para reparar uma falha histórica repleta de desvantagens e desigualdades vivenciadas por um determinado grupo racial e por pessoas que fazem parte de uma classe econômica.

Com o passar dos anos essas políticas de cotas vem facilitando e aumentando o acesso de uma certa parte da sociedade a locais que a anos atrás jamais puderam se imaginar, como é o caso das universidades. Com a garantia da igualdade de oportunidades a possibilidade da ascensão social fica mais perto da população.

 Que são as cotas raciais?

As cotas raciais são ações afirmativas que tem o objetivo de aliviar as desigualdades que são tão presentes no Brasil, como as desigualdades sociais, econômicas e educacionais entre as pessoas de diferentes etnias raiais. No setor publico a sua obrigatoriedade é muito mais necessária já que está diretamente ligada ao ingresso nas universidades e concursos públicos.

Ingresso nas universidades publicas

O ingresso as universidades publicas no Brasil atualmente é feito exclusivamente pelo SISU, Sistema de Seleção Unificada. Onde através das provas do ENEM seleciona os candidatos que tiveram as melhores medias nas provas. As vagas do SISU em 2022 assim como todos os anos são divididas entre ampla concorrência e as pessoas que se encaixam nas cotas, sejam elas raciais ou sociais.

Graças a essas ações afirmativas que são atendidas e divulgadas no novo cronograma do SISU existe a possibilidade de muitos jovens e adultos ingressarem em uma universidade pública, tornando a presença de indígenas e negros nas salas de aula e nos auditórios ministrando algum conteúdo cada vez mais frequente, diminuindo assim a desigualdade que acompanha o Brasil a um certo tempo e impossibilita que essa parte da população consiga a ascensão social que outras pessoas tem com uma maior facilidade.

Além do INSS: Confira editais previstos para serem liberados em breve!

Garantir uma vaga em um concurso publico é o objetivo de muitos brasileiros que ficam em buscar de novos editais e dedicam anos aos estudos só para conseguir um bom resultado no dia da prova e com isso a aprovação.

Os concursados públicos possuem uma serei de vantagens e benefícios que faz com que desperte o desejo de muitos brasileiros em se tornarem também funcionários públicos. Algumas das principais vantagens são:

  • Estabilidade econômica;
  • Remuneração acima do mercado;
  • Igualdade de condições no cargo;
  • Melhor qualidade de vida;
  • Jornada de trabalho reduzida.

Um dos concursos públicos mais disputados do Brasil certamente é o concurso público do INSS. Ele é uma grande oportunidade para todos os brasileiros que possuem o desejo de conquistarem sua independência financeira e estabilidade profissional.

A notícia sobre as inscrições para o concurso do INSS começou a ser divulgada e muita gente começou a ficar animada com isso. O último concurso não era divulgado nada sobre abertura do concurso, tendo como último o que foi aberto em 2015. É esperado que o concurso se torne oficial e as inscrições sejam abertas em breve para todos que desejarem concorrer a uma das vagas abertas.

Para quem planeja se dedicar e conquistar uma vaga em algum concurso público é necessário ficar atento, pois existem alguns concursos 2022 abertos e previstos. Muitos órgãos estão abrindo seus processos seletivos para selecionar novos profissionais que ocupem alguns cargos que no momento estão sem profissionais qualificados, como é o caso de:

Concurso PF

O concurso da Polícia Federal tem previsão para abri 1.500 vagas que serão divididas em quatro cargos, delegado, agente, escrivão e papiloscopista. O salário varia de doze mil podendo chegar até vinte e três mil. O concurso é de nível superior.

Concurso IBGE

Esse concurso irá disponibilizar 208.695 vagas que serão distribuídas nos cargos de agente censitário e recenseador. A escolaridade necessária é nível fundamental completo e nível médio, com salário de até dois mil e cem reais.

Concurso PRF

Com 1.500 vagas disponíveis e uma previsão de salário de nove mil reais o concurso da PRF procura pessoas de nível superior para ocuparem o cargo de policial rodoviário federal.

Esses são alguns dos principais concursos divulgados para esse ano e o próximo e alguns dos mais desejados pelos brasileiros. E para se preparar para eles, é necessário que todos os interessados fiquem atentos a todas as informações lançadas e acompanhem o lançamento do edital para não perderem nenhuma data e conseguirem a tão sonhada vaga no concurso público.

Enfermagem ou medicina? Saiba quando escolher cada um dos cursos!

Enfermagem e medicina apresentam grandes diferenças quando comparados. Embora os dois cursos atuem diretamente na área da saúde a atuação dos dois são bem diferentes e para quem está em dúvida sobre qual curso escolher é necessário ficar atento a essas diferenças e então decidir, qual dos dois melhor se encaixa ao seu perfil profissional.

Embora sejam diferentes na atuação os dois cursos necessitam de uma rotina intensa de estudo e no dia a dia da prática da profissão os dois casos são bem exaustivos já que o trabalho é realizado em plantões. Mas tanto a carreira de médico quanto de enfermeiro são excelentes escolhas, só basta decidir qual combina mais com cada perfil.

Curso de enfermagem

A graduação em enfermagem dura em torno de 4 a 5 anos, dependendo da instituição. Fora a graduação também é possível cursar enfermagem na modalidade de técnico onde tem duração de mais ou menos dois anos e pode ser encontrado na listagem dos cursos técnicos SENAC em 2022.

O curso é administrado em meio período e os estudantes conseguem conciliar os estudos com o trabalho ou estudar em casa. E para quem deseja fazer o curso técnico, mas não possui condições financeiras para manter existem as inscrições no SENAC PSG que oferecem vagas totalmente gratuitas.

Para quem decide cursar enfermagem é necessário saber sobre a atuação desses profissionais que é voltada para o cuidado com o paciente com ações como:

  • Prestação de primeiros socorros;
  • Curativos;
  • Monitoração de sinais vitais;
  • Administração de medicamentos;
  • Coleta de materiais para exames;
  • Acompanhamento regular ao paciente internado;
  • Atualização da ficha clínica etc.

curso de medicina

O curso de medicina é um dos mais concorridos e disputados por todo o país. Para seguir essa carreira assim como a da enfermagem é necessário que os alunos se dediquem extremamente e estejam preparados para rotinas exaustivas.

Para quem já finalizou a faculdade os profissionais podem atuar como clínico geral ou atuar em alguma área especÍfica como ginecologia, psiquiatria, oncologia, cirurgia geral ou outra área, já que existem mais de 40 especialidades médicas.

Em todas as especialidades a responsabilidade do profissional é avaliar

  • O quadro de saúde dos pacientes;
  • Investigar as causas das patologias;
  • Identificar sintomas e sinais;
  • Definir diagnósticos;
  • Estabelecer prognósticos;
  • Orientar os pacientes sobre prevenção.

Para escolher entre medicina e enfermagem é necessário pensar qual curso é compatível com o seu perfil profissional e refletir sobre suas aspirações e características pessoais que irão influenciar e muito na decisão.

Se prepare para os concursos de sua região

Os concursos públicos são portas muito importantes a serem abertas na vida de muitas pessoas. O sonho de se tornar um concursado com cargo publico passa na cabeça de milhões de pessoas que diariamente estudam com o foco de garantirem uma vaga em algum concurso oferecido, seja em sua área específica ou não.

Os benefícios oferecidos pelos concursos públicos

Os benefícios que a aprovação em um concurso publico promovem é um dos principais motivos que fazem com que tantas pessoas se dediquem tanto para isso.

A garantia de um trabalho de qualidade mesmo diante do mercado de trabalho atual conturbado, o bom salário, plano de saúde e jornada de serviço adequada são os motivos que enchem os olhos de brasileiros espalhadas por todo o país.

Levando em consideração o número crescente de desempregados no Brasil a aprovação em um concurso publico transmite uma segurança que nenhum outro lugar pode promover aos trabalhadores.

Visando isso e os ótimos salários, que a depender do cargo ultrapassam o valor de 10 mil reais mensais, milhares de brasileiros se dedicam fortemente a conseguirem uma vaga para si o mais rápido possível.

Preparação e dedicação necessária

Para garantir a aprovação é necessário que todos os candidatos se dediquem e foquem ao máximo ao objetivo final.

Estudar as matérias que irão ser cobradas na prova, tanto as gerais quanto as especificas, fazer provas antigas ou se matricular em um cursinho focado nos concursos fazem com que os resultados sejam mais certeiros e que os candidatos consigam assim, a tão sonhada aprovação, ou se guiar melhor para os próximos concursos que virão.

Todos os estados do Brasil oferecem todos os anos inúmeros concursos em variadas áreas e para variados níveis de educação que os cidadãos de todas as regiões do país conseguem participar, só sendo necessário está presente no local da prova no dia da realização da avaliação.

Como já citado acima, ser um funcionário público tem várias vantagens que agradam a muitos cidadãos que transformam isso em uma meta para suas vidas.

A cada ano milhões de pessoas se inscrevem em concursos para serem PM’s, professores e trabalharem em cargos administrativos concorrendo com centenas de pessoas por cada vaga ofertada.

Mesmo diante da concorrência e das dificuldades as vantagens ainda prevalecem, já que uma estabilidade é alcançada e com ela vem uma qualidade de vida para todos os aprovados.

Diante disso, estabilidade, remuneração, salários acima da média, jornada de trabalho menor e flexível fazem com que os concursos sejam a melhor escolha quando comparados a cargos em empresas privadas.

Terão duas edições do ENEM em 2021? Entenda o caso!

O Enem é uma das provas mais esperadas do ano por muitos estudantes. Através dela milhões de jovens e adultos conseguem garantir o seu ingresso no ensino superior em universidades publicas ou faculdades particulares que também utilizam a nota do exame como processo seletivo.

A nota do Enem também é utilizada na inscrição de programas como Fies e ProUni que para participar é necessário ter comparecido aos dois dias de prova e ter tirado uma nota acima de 400 na redação. As inscrições do ProUni em 2021 possibilitam que milhares de jovens consigam ingressar em graduações e consigam assim uma melhor qualidade de vida por meio da educação se profissionalizando.

No ano de 2020 devido a toda crise de saúde e saneamento provocada pelo coronavírus as provas do Enem sofreram grandes alterações jamais vistas durante todos os anos de aplicação.

As datas das provas foram alteradas, onde ocorriam geralmente no final de cada ano, ele passou para o início do ano de 2021 e ainda teve alguns requisitos necessários a serem cumpridos por todos que estavam inscritos para a realização da prova.

Uma edição do Enem online também passou a existir devido a casos de alunos inscritos que estavam contaminados pelo vírus e não podiam comparecer no dia nem local de prova para evitar a transmissão e consecutivamente colocar a vida dos outros em risco.

Com a realização do Enem 2020 sendo nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021 trouxe muitas dúvidas a respeito da edição do Enem 2021.

Dúvidas sobre inscrições, datas, formas de ser realizado se a população ainda não estiver vacinada, fora todos as recomendações de segurança que ainda estão em vigor, deixando todo o caso um pouco confuso a todos os alunos que irão prestar o vestibular nesse ano.

Nada ainda foi divulgado a respeito do Enem desse ano nem sobre a situação da educação no Brasil, já que a vacinação começou agora pouco e apenas para o primeiro grupo.

Esperasse que toda a população seja vacinada ate o final desse ano, mas enquanto isso todas as atividades que não sejam essenciais permanecem a distância, inclusive as instituições de ensino.

Com isso, todos os pré vestibulandos ficam no aguardo de como será a situação do ensino e da prova do Enem desse ano. Desejasse que a situação melhore daqui para o dia de aplicação da prova e que todos os alunos consigam realizar o vestibular de forma segura e adequada, já que muitos se sentiram prejudicados na edição Enem 2020.

Prós e contras de estudar por meio de um financiamento estudantil

O programa de financiamento estudantil promovido pelo Governo Federal é uma alternativa incrível para milhões de brasileiros que buscam se qualificar e infelizmente não possuem condição financeira necessária para isso.

Através do financiamento muito jovens e adultos conseguem se matricular em ótimas instituições de ensino particulares que possuem profissionais formados e prontos para repassarem todo seu conhecimento com o objetivo de formar excelentes profissionais para o mercado.

O financiamento estudantil traz possibilidades e vantagens desconhecidas por muitos, mas que são capazes de mudar a vida de muita gente, principalmente das pessoas que sonham em fazer um curso superior em uma instituição de qualidade.

Parcelas acessíveis, ensino de qualidade e condições de pagamento personalizadas são algumas das principais vantagens desse financiamento, mas mesmo com todos os benefícios existem alguns contras o ensino por meio de um financiamento estudantil.

Diante dos vários benefícios muitos interessados buscam se informar mais sobre o financiamento e como tudo funciona, e diante disso se deparam com o SisFies, mas como funciona o SisFies?

O que é o SisFies?

O SisFies consiste em uma plataforma que foi criada para que todos os alunos consigam por meio dela ter acesso a todas as informações importantes a respeito do programa de financiamento estudantil, Fies.

Criado pelo Ministério da Educação essa plataforma atende os alunos tirando dúvidas desde o cadastro ate as parcelas do financiamento.

O acesso a plataforma é extremamente fácil, após a inscrição no Fies é só entrar no site e inserir CPF e senha cadastrada. A partir dai é possível acompanhar todo o desenrolar do curso.

Vantagens e desvantagens do Fies

O Fies sendo um programa de financiamento estudantil criado pelo Ministério da Educação já fez com que milhares de brasileiros fossem capazes de ingressar em universidades particulares e conseguirem se graduar, conseguindo assim grandes oportunidades na vida e uma qualificação que talvez nunca fosse possível.

Esse programa é cheio de benefícios e talvez alguns pontos negativos, mas nada que faça com que as vantagens fiquem por baixo.

Vantagens

  • Pagamento de mensalidades de no máximo R$100,00
  • Atendem um amplo grupo de aluno
  • Possibilita que pessoas que não tenham condição entre em faculdades privadas
  • Em alguns casos não tem a cobrança de juros

Desvantagens

  • O pagamento iniciar no primeiro ano após formação
  • Dívida estudantil
  • Juros a depender da categoria do financiamento

A decisão de iniciar o financiamento estudantil deve ser bem analisada pois depende também de fatores externos.

Embora o programa ofereça muitos benefícios é necessário levar em conta que ao final do curso o valor deverá ser pago e a depender do mercado profissional os jovens não consigam manter o pagamento caindo assim em uma dívida considerável.

Fonte: fies2021.inf.br

Alunos se revoltam com más condições no momento de fazer as provas do ENEM

O dia da prova do Enem é um dos momentos mais esperados por alunos de todo o território brasileiro que dedicam anos de estudo para a realização dessa avaliação. Uma prova extremamente extensão com dois dias de duração dividido em linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e ciências humanas e suas tecnologias para o primeiro dia e ciências da natureza e suas tecnologias, além de matemática e suas tecnologias fechando o segundo dia.

Geralmente todos os anos a prova do Enem tem sua realização próximo ao final do ano letivo onde alunos do terceiro ano do ensino médio comparecem aos seus respectivos locais de prova para tentarem assim conseguir uma vaga nas tão sonhadas universidades públicas do país.

Com a realidade atual em que o mundo se encontra a aplicação do Enem apresentou grandes mudanças, e uma das principais foi a alteração da data de realização, ocorrendo nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Além dessa mudança de data algumas medidas a mais foram tomadas para que a segurança e saúde de todos os envolvidos fosse preservada.

Mesmo com a alteração das datas a prova ainda aconteceu durante o período de pandemia provocada pela COVID 19 e para não ser um ambiente perigoso aos vestibulandos e aos funcionários que trabalharam nos locais de realização de prova, melhoria nas condições foram feitas.

Pandemia voltando a níveis alarmantes, rápida transmissão, necessidade de distanciamento social e ainda toda a pressão que já existe sobre a prova os vestibulandos se viram perdidos e duplamente nervosos diante da situação. Algumas instituições onde as provas foram aplicadas apresentavam péssimas condições e má organização diante das necessidades do momento atrapalhando e ate chegando a prejudicar os alunos que estavam presentes para fazer o Enem.

A necessidade da utilização de uma máscara durante todo o tempo de aplicação da prova também não foi uma tarefa fácil para os jovens. Instituições desorganizadas com tumulto na entrada desrespeitando o distanciamento, má ventilação e sem seguir os protocolos recomendados foram bastante presentes nesse Enem.

Com a aplicação da prova feita em janeiro de 2021 os programas de inscrição em universidades também tiveram suas datas alteradas, como por exemplo, as inscrições no SISU ocorrem em abril de 2021. Programas como FIES e ProUni também tiveram mudanças e não vão utilizar a nota do Enem mais recente, e sim a nota do Enem anterior.

Desde a decisão de se manter a realização da prova mesmo com a pandemia ainda acontecendo muitos jovens já demonstraram sua revolta, pois estavam cientes da situação que certamente seria difícil, assim como foi. Nitidamente muitos jovens foram prejudicados pelas más condições do momento e o sentimento é de revolta, já que é uma prova extremamente importante para quem sonha ingressar na universidade pública, mas a esperança de ser aprovado ou se preparar para o próximo ano sempre está presente.

As dúvidas sobre qual carreira seguir é um dos problemas enfrentados pelos jovens

Com o final do ano letivo muitos jovens ficam na dúvida sobre qual rumo dar para sua vida. Fazer ou não vestibular? caso sim, qual o curso a ser escolhido? Começar a carreira profissional mesmo? Ou tirar um tempo de descanso para decidir depois o que fazer? Dúvidas como essas são frequentes e se passam na cabeça de uma grande parte dos jovens estudantes hoje em dia.

Em poucos casos alguns alunos já sabem a bastante tempo o que querem seguir como profissão e se dedicam arduamente para isso. Prestam o vestibular na área de interesse e assim dão início a vida acadêmica. Mas para prestar o vestibular é preciso todo o preparo com antecedência para enfrentar a prova e o sistema de seleção. Todos os anos normas devem ser seguidas na inscrição da prova do Enem e no cadastro do SISU, e o edital do SISU em 2021 traz novas regras que é de extrema importância que todos os concorrentes fiquem atentos a elas para não saírem prejudicados.

Quando não se tem nenhuma noção sobre qual carreira seguir muitos jovens decidem ir pelo caminho que sentem uma afinidade e se imaginam seguindo a profissão. Porém esse caminho traz uma insegurança de se arrepender depois ou de não obter sucesso seguindo essa carreira escolhida, e a decisão deve ser feita com cuidado pois se trata do futuro.

Com todas as questões que surgem na escolha da carreira dos jovens existem alguns pontos fundamentais a serem analisados que conseguem ajudar na tomada de decisão e podem ser essenciais para facilitar a escolha.

  • Habilidades pessoais: entender como as habilidades funcionam no cotidiano e em quais profissões elas seriam uteis. Exemplos dessas habilidades são: facilidade em matemática, escrita, criatividade e comunicação são alguns pontos que podem ser considerados na escolha da carreira.
  • Afinidade e preferencias: entendendo quais as preferencias e em que tem maior afinidade fica muito mais fácil traçar um caminho a ser seguido. Disciplinas na escola são grandes indicadoras de suas preferências e opiniões de familiares ou amigos sobre suas qualidades podem ajudar a promover um autoconhecimento facilitando as escolhas.
  • Mercado de trabalho: pesquisas sobre o mercado de trabalho e atuação de cada profissional conseguem transparecer melhor a atuação de cada profissão e possibilita a comparação entre habilidades e preferencias com o papel desempenhado por trabalhadores da área escolhida. Analisar o mercado atual é fundamental para saber quais profissões estão em alta e quais estão em declínio para melhor escolher qual a área a ser seguida.

Fonte: sisu2021notas.com.br

Muito além da medicina: Confira os cursos menos concorridos no Brasil

Historicamente medicina, direito e engenharia são os cursos mais famosos em todo o mundo. Filhos de ricos fazendeiros se formavam nesses cursos que eram bastante renomados e eram sinônimo de riqueza e inteligência. Com o passar dos anos o renome e importância desses cursos apenas foram crescendo e se tornando cada vez mais o foco de muitos jovens.

Vestibular de Engenharia em 2021 e vestibular de Direito em 2021 concentram grandes números de inscritos e grandes notas de corte que fazem ser cursos extremamente concorridos a cada novo ano. Devido a concorrência e o aumento da nota de corte muitos jovens se dedicam anos e anos para a realização da prova do vestibular para conseguirem boas notas.

Embora todo o histórico desses cursos e da importância desses profissionais existem cursos que são completamente desconhecidos, mas que possuem seu extremo valor e importância e que merecem serem reconhecidos assim como a medicina, a engenharia e o direito.

Devido à falta de informação dos estudantes sobre esses cursos eles apresentam uma menor concorrência e com isso maiores possibilidades de ingresso. E pensando em ajudar todos os pré vestibulandos separamos alguns cursos que vão muito além da medicina e que você pode se identificar.

Você já ouviu falar em administração hospitalar?

Esse curso envolve o gerenciamento de sistemas de saúde, seus processos, pessoas envolvidas, materiais e equipamentos utilizados. A profissão inclui o planejamento e controle de compras e custos, supervisão de contratos e convênios, diagnostico e soluções de problemas das unidades de saúde.

Os profissionais dessa área podem trabalhar em instituições publicas e privadas ou ate mesmo abrir e gerenciar seu próprio negócio. Hospitais, clínicas, centros de saúde, ambulatórios, laboratórios e consultórios são exemplos de estabelecimentos onde a atuação de profissionais formados na área é essencial.

Graduação em biblioteconomia

Esse curso é responsável por formar profissionais que organizam, conservam e divulgam acervos de bibliotecas e centros de documentação, cuidando da classificação de livros e documentos. Eles trabalham como administradores de dados buscando implementar e seguir um sistema ágil de consulta de informações.

Esses profissionais podem trabalhar em bibliotecas públicas, escolares ou particulares, centro de documentação, arquivo, museus e outros lugares. Atualmente esses graduados estão atuando na criação e manutenção de arquivos digitais organizando informações para a montagem de um banco de dados em computadores.

Graduação em agronomia

Esses profissionais têm o objetivo de melhorar a qualidade da produtividade de plantações, produtos agrícolas e rebanhos. Eles são responsáveis por cuidar do planejamento, coordenação e execução de atividades relacionadas a todas as etapas do agronegócio. Atua no preparo do solo, processo de colheita, armazenamento e distribuição dos alimentos.

Suas principais atividades ocorrem no meio rural em contato direto com animais e com o campo. Com os animais eles são responsáveis pela alimentação do rebanho, a reprodução, saúde e abate.

Esses cursos são muitas vezes desconhecidos, mas são de extrema importância no mercado e assim como todas as outras áreas possui a necessidade de bons profissionais dedicados a profissão.